extração de siso

Extração de siso: aprenda tudo sobre a cirurgia do siso e seu pós-operatório

A extração de siso é uma cirurgia comum nos consultórios odontológicos. Afinal, durante seu nascimento, é possível que o paciente sofra com dores e desconfortos. Nesse caso, a melhor solução é retirá-lo? Todas as pessoas precisam desse procedimento?

Existem muitas dúvidas sobre o tema e, por isso, preparamos este post. Se você está em busca de um dentista em Ceilândia para extrair esse dente, é hora de se informar melhor. Confira! 

O que é dente siso?

O dente siso, também chamado de terceiro molar, fica localizado ao final das arcadas dentárias, dos dois lados da boca. São, portanto, 4 dentes: dois superiores e dois inferiores.

Eles são os últimos a nascerem (em geral, entre 17 e 21 anos), por isso ficaram conhecidos como os “dentes do juízo” — uma referência à maturidade adquirida nessa época da vida. Entretanto, vale destacar que a erupção pode acontecer após essa idade.

Em muitos pacientes, o nascimento ocorre de forma aleatória e progressiva, sem qualquer sintoma ou incômodo. Porém, uma parcela da população pode sofrer bastante e necessitar de intervenção cirúrgica.

Um pouco de história…

Você sabia que o dente siso é uma herança de nossos ancestrais mais primitivos? No passado, eles eram extremamente importantes, já que a base da alimentação era carne crua e mais dura. 

Sem dúvidas, contar com um terceiro molar fazia toda a diferença na hora triturar os alimentos, não é mesmo? Porém, com a evolução dos hábitos alimentares para comidas mais pastosas e cozidas, eles perderam a utilidade.

O corpo humano é muito sábio e eles, provavelmente, deixarão de existir. Aliás, a arcada dentária dos homens pré-históricos era muito maior que a nossa e tinha até um quarto molar, que já foi completamente extinto.

Por que o dente siso dói?

Muitos pacientes relatam dor intensa com o nascimento dos sisos. De fato, esse é um incômodo considerável, capaz de gerar perda de apetite e de motivação para as tarefas diárias.

O motivo de tanta dor é bem simples. Em geral, ao iniciar a erupção, o dente começa a romper a gengiva e isso pode causar desconforto, inflamação e até infecções. Agora, imagine quando não há espaço suficiente para esse dente? Certamente, a dor pode ser ainda maior!

Além disso, assim que perceber algo estranho, é essencial buscar a avaliação de um dentista. Isso porque, a dor pode ter relação com cáries, doenças gengivais, compressão do nervo da mandíbula e até com o surgimento de um cisto ou tumor. 

Tem que arrancar o dente siso?

A extração do siso é mesmo necessária? Em primeiro lugar, é importante dizer que o procedimento sempre deve ser realizado por um cirurgião dentista e dentro de um consultório adequado. 

A boa notícia é que nem sempre é preciso tirar esse dente. Via de regra, a orientação para a cirurgia é feita nos seguintes casos:

  • O siso não erupcionou totalmente e está preso;
  • O siso está nascendo em um ângulo que prejudica os demais dentes;
  • Não há espaço suficiente para o siso;
  • O siso tem cáries;
  • Presença de doença gengival.

Em alguns casos, a dor pode ser tão intensa que a retirada do dente é a melhor alternativa, ainda que não exista nenhuma das situações acima.

Cirurgia do siso: o que você precisa saber?

Cada paciente é único e um atendimento personalizado é imprescindível para a avaliação e prescrição do tratamento ideal. Assim, a cirurgia do siso pode ser indicada, até mesmo antes de ele estar visível na gengiva.

Na prática, o cirurgião dentista precisará de uma radiografia. Com ela em mãos, ele confere o posicionamento do dente e verifica se a extração é necessária. Saiba mais sobre o procedimento! 

Como é feita a cirurgia do siso?

Entender como é feita essa cirurgia pode te deixar mais tranquilo e seguro. Então, você precisa saber que, em alguns casos, é necessário tomar antibióticos preventivamente — 8 dias antes do procedimento.

Essa indicação é feita quando há cárie no dente ou ele está inflamado. Com isso, é possível prevenir infecções e garantir que a anestesia tenha o efeito esperado.

Tudo certo, é hora de começar a cirurgia de siso. O dentista aplicará a anestesia local, assegurando que o paciente não sinta dor. Em seguida, com os instrumentos necessários, ele deve afastar o siso dos demais dentes e, então, removê-lo.

Se o dente ainda não tiver erupcionado, é preciso fazer um corte na gengiva. Por fim, o dentista fecha o local com pontos.

Extrair dente siso é perigoso?

Se você tem receio de extrair o dente siso, saiba que não há com o que se preocupar, pois tudo é feito de forma segura e rápida. Obviamente, isso depende da escolha de um bom profissional e de uma clínica com a infraestrutura necessária.

Quantos dias para se recuperar da extração do siso?

A recuperação total da extração do siso é bem positiva. Em média, uma semana após o procedimento, o paciente pode voltar às suas atividades normais. Lembrando que o prazo varia conforme a complexidade e o número de dentes retirados.

Pós-operatório do siso: quais as principais dúvidas?

Como vimos, a extração é um procedimento cirúrgico. Isso significa que existem riscos e que o paciente deve ficar atento ao pós-operatório do siso. 

A orientação básica é o repouso. O tempo será informado pelo seu dentista, conforme as particularidades do seu caso. Continue a leitura para saber mais!

Quais os cuidados depois de tirar o siso?

Assim que você faz a retirada do siso, o dentista deve te passar algumas orientações para que o pós-operatório seja tranquilo e livre de dores. Veja: 

  • Evitar alimentos quentes e dar preferência para os gelados, especialmente no dia da cirurgia;
  • Não usar enxaguantes bucais;
  • Ficar em repouso no dia da cirurgia;
  • Voltar a praticar atividades físicas mais intensas somente após 3 dias da extração ou outra orientação específica.

Como higienizar a boca após extração de dente siso?

Não é necessário ficar sem escovar os dentes, porém, a higienização deve ser feita de forma cautelosa, especialmente no local da cirurgia. Nos demais dentes, a escovação pode ser realizada como de costume. 

A dica é usar uma escova com cerdas macias e evitar o contato com os pontos, afinal, o atrito pode rompê-los e causar dores e sangramentos.

O que não pode fazer quando tira o siso?

o que nao fazer na extração de siso

Se você tirou o siso recentemente ou vai passar por esse procedimento cirúrgico, saiba que é necessário ser cuidadoso e responsável. Os pontos são sensíveis e precisam cicatrizar por completo até que você possa voltar à sua rotina normal.

Além das orientações já repassadas, você deve evitar o consumo de bebidas alcoólicas e de cigarro. Como a ferida ainda não fechou completamente, é preciso garantir que substâncias tóxicas não causem problemas e infecções.

O que não pode comer depois de tirar o siso?

Afinal, o que você não pode comer depois de tirar o siso? A alimentação sofre algumas mudanças, mas isso é transitório e garante uma boa recuperação.

Em resumo, evite alimentos quentes nos primeiros dias, pois eles podem prejudicar o processo de cicatrização e gerar infecções. Além disso, fique longe de alimentos duros e que exijam uma intensa mastigação. O ideal é investir em uma dieta mais líquida e pastosa.

Pontos do siso inflamado: e agora?

Os pontos do dente do siso são uma parte indispensável para a cicatrização da cirurgia. Porém, quando não são bem cuidados, eles podem cair ou inflamar. Se isso acontecer, o que fazer?

A melhor saída é procurar o seu dentista o quanto antes. Não espere que a dor fique insuportável, pois uma avaliação rápida e criteriosa faz toda a diferença em sua recuperação.

Tirar os pontos do siso dói?

extração de siso doi

Essa é uma dúvida comum, especialmente de quem tem mais resistência à dor. Nesse caso, precisamos dizer que tirar os pontos do siso pode causar um leve incômodo. Entretanto, a sensação é transitória e sequer exige a aplicação de anestesia.

Na prática, trata-se de uma dor suportável. Quando realizado por um profissional qualificado e experiente, o paciente fica liberado em poucos minutos para voltar à sua rotina.

Tirar o siso muda o rosto?

Tirar o siso não muda ou afina o rosto. Muitos pacientes têm essa dúvida e acabam adiando a ida ao dentista com receio de ter sua fisionomia alterada. 

A verdade é que a cirurgia é feita com muita responsabilidade e não gera danos estéticos ou funcionais. Ou seja, você não perceberá qualquer alteração no rosto.

Cirurgia do siso com a Realize Sorrisos

A Realize Sorrisos é uma clínica odontológica localizada em Ceilândia e conta com profissionais capacitados para realizar a cirurgia do siso. Aqui, você encontra toda a infraestrutura para realizar o procedimento de forma segura e com qualidade.

Após passar por uma avaliação criteriosa, o dentista esclarecerá todas as suas dúvidas e marcará a data para a realização do procedimento. Com pagamento facilitado e respeito aos pacientes, tudo é feito dentro de um rígido padrão de qualidade e eficiência. Viu só como a extração de siso não é tão complexa como parece? Como vimos, esse dente já não tem utilidade e, em muitos casos, deve ser retirado. Por isso, não espere a dor para tomar providências. Procure um especialista o quanto antes para avaliação. Aliás, que tal conhecer melhor a Realize Sorrisos?

Dra. Denise Fontenelle

Dente encavalado: conheça as causas, consequências e o tratamento

A extração de siso é uma cirurgia comum nos consultórios odontológicos. Afinal, durante seu nascimento, é possível que o paciente sofra com dores e desconfortos. Nesse caso, a melhor solução é retirá-lo? Todas as pessoas precisam desse procedimento? Existem muitas dúvidas sobre o tema e, por isso, preparamos este post. Se você está em busca …

Implante Dentário: o que você não pode deixar de saber sobre esse procedimento

A extração de siso é uma cirurgia comum nos consultórios odontológicos. Afinal, durante seu nascimento, é possível que o paciente sofra com dores e desconfortos. Nesse caso, a melhor solução é retirá-lo? Todas as pessoas precisam desse procedimento? Existem muitas dúvidas sobre o tema e, por isso, preparamos este post. Se você está em busca …